Para Fátima Bezerra, PEC dos Gastos contribuirá para anular direitos sociais

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

A senadora Fátima Bezerra (PT-RN) avaliou que 29 de novembro de 2016 pode ser um dia muito triste para a história do país, diante da possibilidade de o Senado aprovar, em primeiro turno, a proposta de emenda constitucional que limita os gastos públicos por 20 anos (PEC 55/2016).

A emenda, para a senadora, é mais um passo para tornar nulos os direitos sociais previstos na Constituição de 1988. Isso porque, com menos investimentos em saúde e em educação, ela avalia que a mais afetada será a população pobre.

Apesar disso, de acordo com Fátima Bezerra, o dia também é de mobilização e de resistência popular. Ressaltou que mais de 300 ônibus chegaram a Brasília com pessoas contrárias à emenda. Entre elas, estudantes que há semanas ocupam escolas e universidades em protesto contra a PEC 55.

— Cada caravana que desembarca em Brasília traz consigo a rebeldia dos que não se acomodam. A indignação dos que foram obrigados a enfrentar, ainda na alvorada da juventude, a repressão e a violência policial.

A senadora informou ainda que movimentos sociais decidiram nesta terça que vão entrar com um pedido de impeachment do presidente Michel Temer.

 

Fonte: Agência Senado

Picture of Ondaweb Criação de sites

Ondaweb Criação de sites

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.

Cadastra-se para
receber nossa newsletter