Lutador acusado de estupro tem prisão decretada

estupro1

http://www.nordeste1.com/

O juiz Marco Couto, titular da 2ª Vara Criminal de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, decretou a prisão preventiva do lutador de artes marciais Renan Menezes de Souza, acusado de estuprar uma jovem em abril deste ano.  Segundo denúncia do Ministério Público, o réu, após dar uma carona para a vítima, levou-a para um local ermo e, mediante violência, praticou o crime.

O lutador foi denunciado pela vítima, que passou por exame de corpo de delito que confirmou a violência sofrida. Informações juntadas ao processo apontam ainda que Renan tentou intimidar amigos da jovem, através de telefonemas e mensagens postadas numa rede social. Há notícias também de que o caso de estupro não seria isolado, já tendo o réu feito pelo menos outras duas vítimas.

“Diante das mencionadas informações, na concepção deste magistrado, inexiste qualquer dúvida – mínima que seja – quanto à necessidade da prisão cautelar do réu”, destacou o juiz, para quem a medida visa à garantia da ordem pública e à conveniência da instrução criminal.

A periculosidade de Renan, segundo o juiz, é inquestionável, especialmente porque vem colecionando vítimas sexuais que se calam por medo de que algo ainda mais grave lhes aconteça. “Talvez acreditando que a sua condição social – classe média – lhe garanta alguma proteção jurídica, o acusado age como se pudesse fazer o que bem quisesse”, acrescentou.

O próprio perfil do lutador, segundo o juiz, recomenda a sua prisão cautelar para que se permita à vítima e às testemunhas a tranquilidade necessária para depor em juízo.  Ainda de acordo com a decisão, os elementos destacados, de forma concreta, revelam que o réu pretende pressionar – o quanto puder – as pessoas que deporão em juízo, a fim de que não tenham a coragem necessária para incriminá-lo.

Processo No 0018848-18.2014.8.19.0203

A.B./N.C.

Fonte: TJRJ

Picture of Ondaweb Criação de sites

Ondaweb Criação de sites

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.

Cadastra-se para
receber nossa newsletter