Pai e filho são condenados por matar casal e depois queimar corpos

O julgamento popular de um crime que chocou a comunidade de Cristal, na Zona Sul do Estado, levou grande número de pessoas ao Fórum de Camaquã para assistir ao Júri, que se estendeu por quase 24 horas, nos dias 2 e 3 junho. Ao final, os jurados acolheram a tese principal do Ministério Público que, no plenário, pediu a condenação dos réus sustentando a denúncia oferecida à Justiça. Fernando Ehlert acabou condenado a 28 anos de prisão e o seu filho André a 22 anos pela prática de dois homicídios duplamente qualificados, seguidos de destruição de cadáver.

Contudo, os Promotores de Justiça Lucio Preto e Michael Flach ingressaram com recurso de apelação contra a pena fixada, por entendê-la desproporcional, diante das circunstâncias e gravidade dos crimes. A complexidade do caso mobilizou toda a equipe da Promotoria que colaborou nos trabalhos.

O fato ocorreu as vésperas do Natal de 2012, ocasião em que Fernando e André, pai e filho, aguardaram durante a noite as vítimas Renato (irmão) e Jaquelaine (cunhada) de Fernando Ehlert chegarem em casa, para de emboscada atacá-las, matando-as com sucessivos golpes de pé de cabra desferidos contra a cabeça.

Após, durante a madrugada, os corpos foram transportados no próprio veículo das vítimas até uma estrada não pavimentada no interior de Canguçu, sendo o automóvel abandonado e incendiado com Renato e Jaquelaine no seu interior, de modo a não deixar maiores vestígios e para simular um assalto.

Ficou apurado que o crime foi praticado por ganância e inveja, na medida em que os réus não estavam conformados com a divisão de patrimônio, na qual receberiam valores em dinheiro, enquanto que as vítimas assumiriam o comando de uma Ferraria da família.

Fonte: http://www.mprs.mp.br/

Picture of Ondaweb Criação de sites

Ondaweb Criação de sites

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.

Cadastra-se para
receber nossa newsletter