Notícias

Voluntários se reúnem para mutirão na Escola Branca Diva em Porto Alegre

Proporcionar um ambiente agradável, higienizado e colorido para as crianças. Essa foi a motivação de um grupo de voluntários do projeto Direito no Cárcere que iniciaram um mutirão na Escola Profa. Branca Diva Pereira de Souza, na zona norte de Porto Alegre. No grupo estavam ex-detentos que mantém vínculo com a iniciativa de autoria da advogada Carmela Grune.

Foto: Arquivo Projeto Direito no Cárcere

De acordo com Carmela, a Distribuidora Progresso doou, ao todo, nove toneladas de tinta. “Reservamos três toneladas somente para a Branca Diva. O restante será repassado para escolas e creches públicas”, destaca. Vale ressaltar que as entidades que receberem as tintas precisam fazer uso dentro de 40 dias. Dados indicam que apenas 200 presos dos mais de quatro mil que se encontram na Cadeia Pública de Porto Alegre completaram o ensino médio. “Com mais escolas certamente teremos menos presos no futuro”, pondera Carmela.

A orientadora educacional Nadir Aparecida Dias Ferrari, que trabalha na escola há quatro anos, comenta que o local tem cerca de 100 alunos e que tem vagas disponíveis do 6º ao 9º ano. “Quando eles retornarem no dia 20 de fevereiro, encontrarão um ambiente mais limpo e com certeza motivará as crianças a estudar”. Parcerias como essa possibilitam melhorias na estrutura da escola que tinha um aspecto ruim e era depredada. “Seria ótimo se tivéssemos uma sociedade mais solidária”, conclui.

Foto: Arquivo Projeto Direito no Cárcere

Entre os voluntários que participaram da restauração estava o operador de máquinas e ex-detento Sandro Henrique Aguiar. Ele diz que se sente gratificado em poder ajudar. Da mesma forma, o empreendedor e também ex-detento Carlos Eduardo Oliveira se sente emocionado em entregar um lugar mais apropriado para as crianças estudarem.

O grupo retorna à escola no próximo sábado para finalizar a pintura dos ambientes. Os interessados em colaborar podem entrar em contato com a secretaria do colégio, localizado na Av. São Paulo, 1020 – São Geraldo ou pelo telefone 3222-0180.

Redação: Jornalista voluntária Carla Castro

 

Se você deseja acompanhar as notícias do Jornal Estado de Direito, envie seu nome e a mensagem “JED” para o número (51) 99913-1398, assim incluiremos seu contato na lista de transmissão de notícias.

Comente

Comentários

  • (will not be published)

Comente e compartilhe