Notícias

TJ-RS suspende processo contra gremistas acusados de injúria racial

Termo determina que torcedores se apresentem à justiça antes de todos os jogos do Grêmio por dez meses

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS), através do Juizado do Torcedor, suspendeu o processo contra os quatro torcedores acusados por injúria ao goleiro do Santos, Aranha. O julgamento ocorreu nesta segunda-feira e resultou em suspensão condicional desde que os réus se apresentem a locais determinados pelo Juizado nos dias de jogos do Grêmio.

A partir de proposta do Ministério Público, o juiz Marco Aurélio Martins Xavier determinou as condições. Conforme o TJ-RS, A medida se impõe para todas as partidas que o Grêmio participar, independente do mando de campo, no período de 10 meses. O descumprimento da medida implicará na revogação da suspensão do processo, com devido processamento dos acusados.

O magistrado ressaltou que o caráter do segredo judicial se faz necessário para preservar a integridade física e psicológica dos réus, que foram submetidos à execração pública. O torcedor que foi identificado posteriormente responderá processo, devendo haver aditamento da denúncia e regular andamento do feito.

Por conta das ofensas racistas, o Grêmio foi expulso da Copa do Brasil em primeira instância. Depois, após recorrer ao pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o clube perdeu três pontos no duelo contra o Santos e, como já havia sido derrotado, acabou eliminado do torneio. 

Fonte: http://www.correiodopovo.com.br/

Tags: , , , ,

Comente

Comentários

  • (will not be published)

Comente e compartilhe