Notícias

Ronaldo Caiado pede rapidez na análise do impeachment pelo Senado

Em pronunciamento nesta segunda-feira (18), o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) defendeu que o Senado dê celeridade ao processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, entregue hoje ao presidente Renan Calheiros pelo presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha.

Segundo Caiado, na terça-feira (19) Renan Calheiros deve discutir com os líderes partidários o rito do processo. O senador goiano quer que seja construído um acordo para que já na quarta-feira (20) sejam eleitos o presidente e o vice-presidente da comissão especial que vai analisar o impeachment.

O senador argumentou que a Casa não pode procrastinar o andamento do processo porque a situação do país é grave, faltando inclusive ministros em algumas pastas, como a da Saúde, justamente quando o país enfrenta surto de várias doenças, como zika, dengue, febre chicungunha e gripe H1N1.

— Não temos condições agora de ficarmos procrastinando, adiando, criando situações ou chicanas para simplesmente manter aquilo que não existe, que é a atual situação do governo e levando o país para um processo de total ingovernabilidade — reforçou.

 

Fonte: Senado Federal

Comente

Comentários

  • (will not be published)

Comente e compartilhe