Notícias

Projeto Direito no Cárcere inicia as atividades 2017 na próxima sexta-feira

direito no carcere

 

O projeto Direito no Cárcere, no dia 27 de janeiro, retoma as atividades realizadas na Cadeia Pública, com os detentos em tratamento de dependência química, da Galeria E1.

Nas palavras da coordenadora do Projeto Direito no Cárcere, Carmela Grune: “A ideia neste ano é intensificar a participação de mais voluntários, bem como, proporcionar mais atrações musicais aos detentos, haja vista a importância de trabalhar a relação espaço e tempo, proporcionando ações socioculturais que promovam uma reflexão com ação, para mudança de hábitos, planos de vida fora do cárcere. A partir da visibilidade, conquistada pela internet, conseguimos reunir uma série de pessoas que estão engajadas a colaborar na transformação do conceito “bandido bom é bandido morto” para uma cultura mais inclusiva no enfrentamento a discriminação decorrente da violência social. Acreditamos que são as oportunidades que possibilitam fazer escolhas, somada a presença da família e o incentivo ao estudo e a profissionalização.”

O cronograma da próxima sexta-feira prevê:

 11h – Reunião com grupo e entrega de doações (roupas, materiais de higiene, vassoura, detergente para limpeza do espaço) e organização das metas 2017 do projeto Direito no Cárcere;
13h15min – Prática de Meditação Om Mani Padme Hum com a voluntária já cadastrada Cintia Fritsch;
14h15min – Claudia Sander, voluntária já cadastrada, Palestra TEDx – motivacional;
15h – Café Coletivo
15h15min – Paula Alvernoz, voluntária já cadastrada representando a Casa do Caminho de Viamão, Palestra “Espiritualidade – vivendo presente projetando o futuro”.
16h15min – Encerramento das atividades do dia.

Saiba mais sobre as voluntárias do Direito no Cárcere e a expectativa com as atividades propostas:

Paula Renata Alvernoz – empreendedora e integrante da Sociedade Espirita Casa do Caminho de Viamão – Sou filha do ex detento Henry Cruz Júnior, que participou do projeto Direito no Cárcere por quatro anos. Hoje quase há um ano já fora das dependências do PCPA está recuperado e trabalhando, motivada pela recuperação de meu pai eu trouxe para conhecimento da Sociedade Espirita Casa do Caminho de Viamão, onde sou trabalhadora, o projeto Direito no Cárcere, para o qual recebi apoio de nossa diretoria, desde então, passamos a realizar atividades de coleta e doação alimentos, roupas, sapatos e material de higiene, com o objetivo de proporcionar dignidade aos reeducandos. Do ponto de vista espiritual todos somos merecedores de amor e caridade e partindo deste principio então sejamos a mudança que queremos ver no mundo!

 

 

Cíntia Fritsch – advogada e voluntária do projeto Direito no Cárcere – Vou fazer uma prática de meditação chamada de Meditação dos Cinco Lungs (Meditação dos Cinco Elementos). É uma meditação guiada que trabalha o conhecimento das sensações do corpo com a finalidade de equilibrar a energia. Posterior a meditação vou conversar com eles sobre o significado da Flor de Lótus e ensinar a recitar o mantra “Om Mani Padme Hum” (Da lama nasce o lótus), vou expôr a importância e o significado desse poderoso mantra do Budismo. O objetivo é ensinar eles a buscarem meios hábeis para ajudar a se estabilizarem em meio à adversidade, ajudando a trabalhar a energia, a ansiedade, a tristeza, a raiva, toda essa confusão de sentimentos tão latente dentro durante o período do cárcere. Também ajuda na valorização deles como ser humano, demonstrando que independente das experiências equivocadas que porventura tenham ocorrido existe um mundo de possibilidades pois a natureza deles como ser vai muito além de erros cometidos, que a natureza de todos nós é a mesma.

 

 

Cláudia Sander  – analista de sistemas e voluntária TEDxLaçador – Vou levar o vídeo de uma palestra do TEDxLaçador para assistirmos e depois conversarmos a respeito. Pretendo proporcionar novas ideias e diferentes visões de mundo pros participantes do projeto Direito no Cárcere. E ainda, divulgar “ideias que merecem ser espalhadas” para um público que ainda não foi atingido pelo TEDxLaçador.

 

 

Carmela Grüne
Presidente do Instituto Cultural Estado de Direito
Diretora do Jornal Estado de Direito
Portal Estado de Direito http://www.estadodedireito.com.br
Portal Carmela Grune http://www.carmelagrune.com.br
Skype Carmela Grüne: carmelagrune
Telefones (51) 3246-3477, (51) 999131398
“Enquanto tivermos a capacidade para pensar nós não estaremos presos!” CG

Comente

Comentários

  • (will not be published)

Comente e compartilhe