Notícias

Justiça condena doleira que tentou fugir do país com dinheiro na calcinha

Doleira Nelma Kodama foi presa pela Operação Lava-Jato.
Ela foi condenada a 18 anos de prisão em regime fechado.

A Justiça Federal do Paraná condenou a doleira presa pela Operação Lava-Jato quando tentava fugir do país com dinheiro escondido na calcinha.

A doleira Nelma Kodama foi condenada a 18 anos de prisão em regime fechado por lavagem de dinheiro, corrupção e formação de quadrilha. Ela também terá de pagar uma multa de R$ 1,8 milhão de reais. Segundo a Justiça, Nelma Kodama fez quase 100 operações ilegais para mandar mais de US$ 5,2 milhões para fora do Brasil.

Em março, durante a Operação Lava-Jato, ela foi presa no aeroporto de Guarulhos quando tentava deixar o país com 200 mil euros escondidos na calcinha.

Na operação, a Polícia Federal também apreendeu na casa da doleira obras de arte, algumas de pintores reconhecidos como Di Cavalcanti. Além de Nelma Kodama, outras sete pessoas foram condenadas na mesma ação. O advogado da doleira já disse que vai recorrer da decisão.

Fonte: http://g1.globo.com/

Comente

Comentários

  • (will not be published)

Comente e compartilhe